27 de maio de 2014

Até que a vida os separe - Mônica de Castro.


Boa tarde

Recomendo o romance espírita “Até que a vida os separe” da escritora e médium Mônica de Castro, porque este trabalho trata de um tema ainda presente de forma significativa em nossas relações familiares, círculos de trabalho e amizade, o “ciúme”.

Ciúme que na maioria das vezes ainda encontra na vida real espaço nas frases: “Quem ama tem ciúme”; “Tenho ciúme porque cuido do que é meu”, etc. Não são afirmações das quais eu compartilho porque acredito que a fraqueza do ciúme tem uma ligação direta com a baixa estima, possessividade ou egoísmo.
Outro tema que emociona no romance acima mencionado é a ação de reconhecimento através do carinho em nosso círculo familiar. Dependendo do estágio da vida no qual se encontra o leitor ou que já constituiu a própria família com a chegada do (a) filho (a), certamente concluirá a leitura com lágrimas.

 

Sinopse: O livro conta à história de um ilustre casal de alta sociedade carioca, que na tentativa de fugir dos problemas, partem numa viagem para a Europa e se veem na Alemanha, quando Adolf Hitler invade a Polônia. Em plena segunda guerra mundial, o casal teme por suas vidas. Não eram alemães  e nem judeus, mas, não sabiam o que poderia lhes acontecer se permanecessem lá.

Perfil do escritor: Mônica é formada em Direito e exerce a função de Procuradora do Trabalho, Desde os tempos de menina tem paixão pela literatura. Certo dia adotou o nome Rosali e começou então seu primeiro romance. Cada dia escrevia um pouco, até descobrir estar psicografando mensagens do seu guia Leonel.


Excelente terça-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

Um comentário:

  1. Kátia,

    Adorei seu blog e gostei muito de sua visão! Um abraço!

    ResponderExcluir