11 de abril de 2014

“O Segundo Grande Elo - O exército que ninguém viu” - Elizabeth Pereira.



Bom dia

Recomendo a leitura da obra “O Segundo Grande Elo - O exército que ninguém viu” gênero romance espírita publicado em 2013, pelas mãos da médium Elizabeth Pereira e através do apoio da Vivaluz Editora.

Sinopse: Episódios reais ocorridos durante a segunda guerra mundial. Um grupo de espíritos em missão na crosta terrestre a serviço de Jesus atua intensamente amparando soldados e civis de todas as nacionalidades. O livro é constituído de 14 histórias sobre homens e mulheres que tem suas vidas entrelaçadas, em meio aos horrores da guerra e a ação do exército de Jesus.

O Segundo Grande Elo apresenta ao leitor o empenho de alguns membros da espiritualidade no cuidado especial ao auxiliar recém-desencarnados diante do egoísmo humano através das guerras. Da mesma forma que ocorre no plano astral nas inúmeras casas do pai conforme palavras de Jesus Cristo também ocorrem no plano terrestre o devido socorro.

Esclarecimentos sobre as reações da culpa, desculpas, perdão, colocar-se em situação de extremo risco em favor da vida do nosso semelhante e amor em suas diferentes manifestações são algumas das razões que mais cativam o leitor.

Encontramos nesta obra afirmações que falam por si mesmas com o respaldo do comportamento humano atual, independente do exercício ou não de reflexão do autor:

“Todo desastre coletivo reúne pessoas com algo em comum, que necessitam da mesma lição.” Pág. 424.

“A nova era está muito próxima. A terra regenerada é para sublimação, não para quitação de débitos.” Pág. 425.

“Todo excesso em nossa vida não nos pertence.” Pág. 426

“Dividir é a melhor maneira de nos sentirmos completos.” Pág. 427

Perfil do escritor: Elizabeth Pereira nasceu em Oliveira (MG), pertencente a família católica e sua mediunidade manifestou-se de forma tranquila desde a infância. Ingressou no Grupo Espírita Jesus de Nazaré onde atua até os dias de hoje.

Excelente sexta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário